sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

CASA CADAVAL TRINCADEIRA 2007 VINHAS VELHAS

No almoço que a malta do grupo TWA fez em Janeiro, e onde o tema era Rui Reguinga vs Anselmo Mendes, foi um Casa Cadaval Trincadeira Vinhas Velhas 2006 que escolhi para levar a prova cega, pois tinha-me calhado levar um vinho do Rui Reguinga. Todo entusiasmado com a escolha que fiz, chapéu, tinha rolha que tresandava e estava impróprio para consumo. Acontece. Nunca queremos que nos calhe a nós, mas é mesmo assim. não demorei muito tempo e comprei este, um ano mais novo. Adorei. Um vinho que transbordou vida, com aromas intensos, muito equilibrado, gostoso, a dar prazer a cada vez que ia ao copo, tanto com o nariz como com a boca para goles de apreciação pura. Vermelho rubi, límpido, com aromas a couro, vegetal e especiado. Na boca mostrou-se com boa acidez, boa fruta, elegante mas vaidoso, intenso, com notas de tabaco e cacau, e de final longo e persistente. Um vinho que realmente aconselho, pois tem uma qualidade/ preço muito boa. Acompanhou na perfeição um arroz de cabidela.


Nota: 16,5
Preço: 9€
Produtor: Casa Cadaval
Enólogo: Rui Reguinga
Enviar um comentário