segunda-feira, 16 de agosto de 2010

QUINTA DA ARRANCADA RESERVA TINTO 2008


Continuando o jantar de sexta, a meio do mesmo, foi hora de abrir mais uma garrafa. A escolha recaiu sobre um Quinta da Arrancada Reserva Tinto 2008. Já tinha comentado aqui o Tinto 2008, que gostei bastante, este reserva era de esperar mais um pouco do que o irmão, e realmente mostrou-se muito poderoso.

Quando caiu no copo, vermelho violeta foi a cor com que se mostrou. Um aroma com leves notas de baunilha como o irmão, fruta madura de grande qualidade, dava ao seu cheiro um poder de cativar o nariz desde o inicio. Na boca, bastante estrutura, intenso, redondo e com um final longo, a casar muito bem com a comida. Sobrou um pouco para se poder apreciar a solo, o que originou quando acabou, desilusão de não haver mais. Excelente vinho, Regional das Beiras, que mostra bem que na região há quem saiba a arte de fazer vinho. Com o preço a que é vendido, é sem duvida uma compra muito boa e, comparando com outros vinhos mais conhecidos e mais caros, mete-os a um canto.

Nota: 17,5
Preço: amostra gentilmente oferecida pelo produtor
Enviar um comentário