domingo, 12 de dezembro de 2010

MUXAGAT 2009 E MONTEFINO RESERVA 2005

Este fim de semana abri dois vinhos, um branco do Douro e um tinto do Alentejo. O branco, Mux 2009, que em anos anteriores era Muxagat, provei-o pela primeira vez no evento Porto e Douro Wine Show. Os aromas que na altura senti, e a boa conjugação de nariz e boca, fizeram-me escolher este vinho para apreciar bem em casa.


Aspecto limpido, lágrima persistente e de cor amarelo pálido. No nariz, mostrou estar limpo, jovem, com uma intensidade pronunciada. Frutos de árvore, maçã, mais tropical em certos momentos, talvez quando a temperatura subiu um pouco, ligeiras notas minerais. Na boca, seco, acidez médio menos, fresco, encorpado, frutado, com intensidade média e de final de boca médio. Um vinho muito bem feito, com aromas muito agradáveis, e na boca mostrou ser muito competente.

O segundo vinho foi o Montefino Reserva 2005. Esta casa tem uns vinhos fabulosos, mesmo os vinhos de entrada. Não são iguais aos outros, têm personalidade, história. Quando se bebe um vinho desta casa, aprecia-se vinhos feitos como antigamente, bebe-se a terra como era. Agora, salvo raras excessões, bebe-se os vinhos e pergunta-se de onde é. Este é tipico e agrada-me bastante.

Aspecto limpido, lágrima persistente e de cor vermelho acastanhado escuro. No nariz, limpo, desenvolvido e de intensidade média. Frutos vermelhos, ameixas e cerejas vermelhas, especiado e algum fumado. Na boca, seco, acidez baixa, corpo médio, frutado, madeira presente mas suave, taninos suaves, de intensidade média e de final de boca médio mais. Um vinho muito agradável para qualquer refeição, muito gastronómico, e muito prazeroso fora da comida.

Dois vinhos que aconselho.

Notas

Mux Branco 2009 : 16,75
Montefino Reserva 2005: 16,5
Preço: Mux Branco 2009 - 11€
Montefino - 7€


Enviar um comentário