domingo, 4 de abril de 2010

MARQUÊS DE BORBA 2007


Já tinha bebido este vinho mas de outros anos, e como já não bebia á uns tempos, e como tinha companhia, abrimos uma garrafa de colheita de 2008.

Todas as zonas têm bons vinhos, mas cada vez mais os alentejanos, na minha opinião, ficam numa escala abaixo do esperado.

Cor grená, com um aroma jovem, de fruta madura, com nuances de ameixa.
Na boca, muito concentrado, com taninos algo poderosos, mas com boa acidez. Para muitos talvez seja um vinho guloso, mas para mim, é um vinho armonioso, mas falta-lhe corpo.

Nota: 15/20
Preço: 5,90€
Enviar um comentário