domingo, 15 de dezembro de 2013

THYRO COLHEITA TARDIA 2011

Cada vez mais os vinhos de colheita tardia são muito apreciados. Por serem doces, por serem diferentes dos Vinhos do Porto e Moscatéis, que são igualmente doces mas mais alcoolicos. Este é a nova colheita deste produtor, e é simplesmente maravilhoso. Com uma cor muito carregada, não tão habitual neste género de vinhos, onde são mais dourados, este faz lembrar em cor os Tokaj, da Húngria. E não é só na cor que este vinho tem parecenças com os húngaros, na boca faz lembrá-los e muito. O produtor de inicio não gostou muito da cor, pois estava a fujir ao que já tinha feito, mas o facto de se ter "esquecido" das uvas e fazer a apanha das mesmas muito tarde mesmo, deu este néctar. Na boca é um vinho encorpado, com frescura e acidez perfeitas, uma doçura bem integrada no conjunto, onde se faz sentir as frutas cristalizadas e os frutos secos, sendo um vinho intenso e de final longo e persistente. Estamos em época de Natal, e como tal pode ser um bom motivo para comprar uma garrafinha. Para acompanhar sugiro os bolos secos como bolo rei, trança de Natal ou então algum doce com ovos.




Região: Douro
Castas: Semillon
Tipo: Colheita Tardia Branco
Álcool: 13,5%
Produtor: João Cardoso Lopes

Nota Pessoal: 16,5
Preço: a rondar os 14€
Enviar um comentário