terça-feira, 22 de novembro de 2011

VALE DE ESGUEVA, ROSÉ 2010 E BRANCO 2010

A empresa Cobelcos lançou-se num projecto em 2009 com 3 frentes: Produção de vinhos, turismo rural e enoturismo. Com 35 hectares de vinha na região da Beira-Interior, Castelo Rodrigo. Como principais castas a vinificar conta com Aragonês, Touriga Nacional, Touriga Francesa, Alfrocheiro, Alicante Bouschet, Tinta Pinheira, Síria, Malvasia Fina, Fonte Cal e Riesling. A construção da adega foi em 2010 e foi nesse ano que fizeram os primeiros vinhos.
 Hoje trago aqui um rosé, feito de Aragonês e um branco com a casta Síria. O primeiro, Rosé 2010, mostrou-se limpido e de cor vermelho alaranjado. No nariz, framboesas e morangos, intenso e vegetal. Na boca, seco, suave, ligeiramente frutado, boa frescura e acidez média, com final médio muito. Gostei.

O outro, Branco 2010 feito com a casta Síria, conhecida por Roupeiro. Aspecto limpido e de cor amarelo pálido com nuances esverdeados. No nariz muito equilibrado, com frutos tropicais pouco maduros e citrinos. Na boca, seco, frutado, acídulo, de intensidade média e final de boca curto/ médio. 

Bons vinhos com uma relação qualidade/ preço muito interessante.



Nota:
Vale de Esgueva Rosé 2010 - 14,25
Vale de Esgueva Branco 2010 - 14,5
Preço:
Rosé 2010 - 3,20€€
Branco 2010 - 3,90€
Produtor: Cobelcos, Vinhos e Turismo
Enólogo: Luís Santos
Enviar um comentário